A Infância de Ivan

f4cac070314097677cc45ab1f6f4b2a1A primeira longa-metragem do realizador, com imediato reconhecimento internacional, é uma obra pungente e belíssima sobre a sofrida infância de Ivan, um rapaz com um ódio de morte ao dispositivo nazi – estamos em plena 2ª Grande Guerra – que lhe assassinou a mãe e a irmã, agindo a partir desse momento como frente de reconhecimento do exército soviético, suportando na pele um fardo demasiado pesado para um rapaz de tão tenra idade, alimentado por um sentimento de vingança que o mantém determinado e alerta nas suas dissimuladas investidas em território inimigo. Este será talvez um filme singular na filmografia de Tarkovsky, o estilo poético, a narrativa vincadamente não linear, que o viria a caracterizar nas películas seguintes está aqui mais ausente, embora exista sempre um símbolo, um ponto de apoio artístico transfigurante – a grafonola e o canto – sequências de sonho, e o desenho de planos absolutamente magistrais no grande ecrã. A respeito deste filme Bergman viria a dizer:

My discovery of Tarkovsky’s first film was like a miracle. Suddenly, I found myself standing at the door of a room the keys of which had, until then, never been given to me. It was a room I had always wanted to enter and where he was moving freely and fully at ease.

Também Sartre viria a defendê-lo, bem como os grandes Parajanov e Kieslowski, realizadores que viriam a ser influenciados por ele.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s